TENHO E NÃO TENHO UM BASTÃO

14-10-2011 00:00

UMA HISTÓRIA:

MESTRE ZEN: "TENHO AQUI UM BASTÃO, E AINDA ASSIM NÃO TENHO UM BASTÃO. COMO VOCÊ EXPLICARIA ISSO?"

O NOVIÇO: "EU NÃO EXPLICARIA!"

MESTRE: "ORA, NÃO SEJA IMPERTINENTE! ESSA É SUA INCUMBÊNCIA; SE VOCÊ REALMENTE QUER ATINGIR A ILUMINAÇÃO COMO AFIRMA, FAÇA TODO O ESFORÇO POSSÍVEL PARA RESPONDER".

NOVIÇO: "TUDO BEM, SUPONHO QUE, VISTO DE UMA MANEIRA, VOCÊ TEM UM BASTÃO; VISTO DE OUTRA MANEIRA, VOCÊ NÃO O TEM".

MESTRE: "NÃO, DE MODO NENHUM QUERO DIZER ISSO! QUERO DIZER QUE, VISTO EXATAMENTE DA MESMA MANEIRA, TENHO UM BASTÃO E NÃO TENHO UM BASTÃO. AGORA COMO VOCÊ EXPLICA ISSO?"

NOVIÇO: "EU DESISTO!"

MESTRE: "MAS VOCÊ NÃO DEVERIA DESISTIR! VOCÊ DEVERIA FORÇAR CADA PEDAÇO DO SEU SER PARA DESEMARANHAR ISSO".

NOVIÇO: "NÃO ARGUMENTAREI COM VOCÊ SOBRE SE DEVERIA OU NÃO DESISTIR. O FATO EXISTENCIAL SIMPLESMENTE É QUE EU DESISTO".

MESTRE: "MAS VOCÊ NÃO QUER ATINGIR A ILUMINAÇÃO?"

NOVIÇO: "SE ATINGIR A ILUMINAÇÃO SIGNIFICA CONSIDERAR QUESTÕES TÃO TOLAS E MALDITAS, ENTÃO PARA O INFERNO COM ELA! SINTO MUITO DESAPONTÁ-LO, MAS ADEUS!"

 DOZE ANOS MAIS TARDE:

NOVIÇO: "EU RETORNO A VOCÊ, Ó MESTRE, NUM ESTADO DE ABSOLUTO ARREPENDIMENTO. POR DOZE ANOS TENHO PERAMBULADO E ME SENTIDO MUITO MAL PELA MINHA COVARDIA E IMPACIÊNCIA. AGORA ME DOU CONTA DE QUE NÃO POSSO CONTINUAR A FUGIR DA VIDA. MAIS CEDO OU MAIS TARDE TENHO QUE ENFRENTAR OS PROBLEMAS SUPREMOS DO UNIVERSO. ASSIM, AGORA ESTOU PRONTO PARA ME REVESTIR DE CORAGEM E TENTAR TRABALHAR A SÉRIO SOBRE O PROBLEMA QUE VOCÊ ME DEU".

MESTRE: "QUAL ERA O PROBLEMA?"

NOVIÇO: "VOCÊ DISSE QUE TINHA UM BASTÃO E AINDA ASSIM NÃO TINHA UM BASTÃO. COMO EXPLICAR ISSO?"

MESTRE: "EU REALMENTE DISSE ISSO? QUE TOLICE A MINHA!"

O ZEN NÃO TEM ENSINAMENTO OU DOUTRINA E NÃO DÁ UMA DIREÇÃO, POIS ELE DIZ QUE NÃO HÁ OBJETIVO E QUE NÃO É PARA VOCÊ SE MOVER NUMA CERTA DIREÇÃO. ELE DIZ QUE VOCÊ JÁ ESTÁ LÁ; PORTANTO, QUANTO MAIS VOCÊ TENTAR CHEGAR LÁ, MENOR SERÁ A POSSIBILIDADE DE ALCANÇAR. QUANTO MAIS VOCÊ PROCURAR, MAIS VOCÊ PERDERÁ. PROCURAR É A MANEIRA CERTA DE SE PERDER.

ENTENDER ISSO SIMPLESMENTE SIGNIFICA ENTENDER QUE A ILUMINAÇÃO JÁ ESTÁ DISPONÍVEL, JÁ ACONTECEU, E QUE ELA É A PRÓPRIA NATUREZA DA EXISTÊNCIA.

OSHO, em "VÁ COM CALMA - DISCURSOS SOBRE O ZEN-BUDISMO"

publicado no blog Palavras de Osho

visite o site oficial da Osho Brasil

 

 

—————

Voltar